A operação da motoniveladora é cheia de detalhes que fazem toda a diferença não só na qualidade do trabalho, mas também no aumento da vida útil do equipamento.

De fato, a operação da motoniveladora exige a máxima atenção do operador. Afinal, o mínimo erro pode comprometer todo o trabalho. Da mesma forma, operar de modo incorreto pode prejudicar o equipamento, causando desgastes desnecessários principalmente no motor e nas lâminas.

Por isso, se você trabalha com a famosa patrola, este artigo é especialmente para você.

Operação da motoniveladora - Bomba De Alta Pressao 12m

Confira! Separamos algumas dicas básicas, mas muito importantes, sobre a operação da motoniveladora:

1- Escolha a máquina certa

Primeiramente, é preciso ter em mãos a máquina certa e do porte correto. Inclusive, já falamos sobre isso neste outro artigo. Para isso, é muito importante considerar o espaço em que o equipamento irá trabalhar. Nesse sentido, o porte da máquina deve ser adequado ao raio de operação, de modo que haja espaço suficiente para a movimentação do maquinário. Quando não houver espaço suficiente para a manobra, certamente é melhor utilizar outro tipo de equipamento.

2- Preste atenção no início do trabalho

O trabalho deve começar do jeito certo. Afinal, iniciar incorretamente pode representar atrasos no serviço. Por isso, inicie com a lâmina a aproximadamente 5 cm à frente da aresta de corte. Em seguida, vá ajustando o material e as condições de acordo com as necessidades.

3- Ajuste a inclinação

Incline a lâmina para frente e para trás até chegar à ação de corte e laminação ideais. Quando a inclinação está ajustada corretamente, a potência necessária para realizar o serviço é menor. Desse modo, você economiza combustível e não força o equipamento.

4- Fique atento ao tipo de terreno

A angulação da lâmina varia de terreno para terreno. Assim sendo, se o material for leve e de fácil rolamento é indicado entre 10 a 30 graus. Já para materiais úmidos e compactos são indicados ângulos superiores, entre 30 e 50 graus.

5- Utilize a lâmina correta

Geralmente a lâmina de corte é mais espessa. Portanto, possui maior capacidade de cargas e durabilidade. Já a lâmina de acabamento é mais fina. Por isso, geralmente é utilizada para acabamento e nivelamento de bases. Esses e outros detalhes devem ser considerados na hora de escolher a lâmina.

6- Use a espessura de lâmina correta

A espessura da lâmina interfere diretamente na penetração do solo. Sendo assim, ela deve ser escolhida de acordo com o tipo de terreno. Nesse sentido, quanto mais fácil a penetração, mais espessa deve ser a lâmina.

7- Aplique apenas a pressão suficiente para a tarefa

A pressão excessiva pode desgastar rapidamente as facas de corte. Além disso, desse modo o consumo de combustível também aumenta. Por isso, a pressão utilizada deve ser sempre exatamente a determinada para cada tipo de serviço.

8- Posicione a ponta da lâmina corretamente

Em geral, a ponta da lâmina deve estar com a aresta de corte a 90 graus da superfície. Desse modo, há menos tensão, o que ajuda a evitar danos à máquina.

9- Fique de olho na velocidade

A velocidade deve girar em torno de 5 a 8 km/h. Ou seja, rápido o suficiente para manter a produtividade, mas baixa a ponto de evitar quedas e danos à máquina.

10- Mantenha a estabilidade da máquina

Para a estabilidade máxima, a estrutura principal da motoniveladora deve estar alinhada com a barra de tração e centrada no círculo sob a estrutura.

BÔNUS – Mantenha a manutenção da sua motoniveladora sempre em dia

Sem dúvida, manter a manutenção em dia é fundamental para garantir a máxima eficiência durante a operação da motoniveladora. Nesse sentido, é fundamental fazer a inspeção diária e a manutenção preventiva. Além disso, caso seja necessário substituir peças, é preciso escolher outras de qualidade igual ou superior. Se for esse o seu caso, conte com a GIROTTI.

GIROTTI COMPONENTES E SISTEMAS DE INJEÇÃO

A GIROTTI é especialista em máquinas pesadas, incluindo motoniveladoras. Nesse sentido, oferece sistemas de injeção eletrônica e componentes para diversos modelos, por exemplo:

Motoniveladora 120KMotoniveladora 12KMotoniveladora 140KMotoniveladora 160K,  Motoniveladora 140MMotoniveladora 160M, Motoniveladora 120HMotoniveladora 135H,  Motoniveladora 120M

Entre as soluções oferecidas pela GIROTTI estão: unidades injetoras, injetores, bomba de atuação, bomba de alta pressão, ECM’s, turbinas, cabeçotes, motores completos, entre outras.

Caso precise de algo, fale com a GIROTTI! Veja os produtos disponíveis ou, se preferir, ENTRE EM CONTATO agora mesmo pelo WhatsApp.  Por fim, se preferir, veja outras formas de entrar em contato.

GOSTOU? Fique à vontade para fazer sugestões!

Conheça também nossa página no Facebook e perfil no Instagram!

Ahh, e não se esqueça de compartilhar este post!

Deixe o seu comentário